Softfocus

Automatização de processos: como fazer no setor financeiro?

É indiscutível que o sucesso de um negócio está intrinsecamente ligado à gestão de processos. Sendo assim, adotar métodos e ferramentas que sejam capazes de gerar otimização e aumento de…

Sem categoria

Compartilhar

É indiscutível que o sucesso de um negócio está intrinsecamente ligado à gestão de processos.

Sendo assim, adotar métodos e ferramentas que sejam capazes de gerar otimização e aumento de produtividade é essencial.

Nessa perspectiva, a transformação digital que vem ocorrendo em todos os setores da economia apresenta soluções de automatização que podem gerar resultados excepcionais.

Em se tratando do setor financeiro, a automatização de processos contribui para a redução de custos operacionais, aceleração de rotinas e facilita a adequação às normas do Banco Central.

Pensando nisso, reunimos neste artigo as principais informações que você precisa saber sobre a automatização de processos no setor financeiro. Confira!

O que é automatização de processos?

De maneira geral, o termo automatização, como é empregado na maioria dos contextos, está ligado à ideia de algo que executa funções com pouca ou nenhuma intervenção humana.

Dessa forma, a automatização está presente tanto em tarefas simples, como abrir uma porta a partir de um sensor de movimento, quanto em tarefas complexas, como as encontradas em indústrias com tecnologia de ponta.

Nessa mesma linha, a automatização de processos pode ser definida como a integração de soluções tecnológicas que otimizam o controle de processos operacionais.

Por essa razão, a automatização de processos se desenvolve a partir da noção de redução de atividades manuais e aperfeiçoamento de atividades do cotidiano de uma organização.

A emissão automática de notas fiscais em um e-commerce, a análise automática de dados para liberação de apólice em uma seguradora e o controle automático de estoque em uma varejista são apenas alguns dos incontáveis exemplos de automatização de processos.

Quais benefícios a automatização de processos pode gerar para o setor financeiro?

Devido à automatização de processos possibilitar uma gestão melhor coordenada em diferentes tarefas, ela tem sido cada vez mais empregada por gestores de diferentes áreas.

No âmbito dos setor financeiro, ela permite um maior controle dos fluxos, aumenta a capacidade de gestão de dados e ajuda a prover relevantes informações que auxiliam no planejamento estratégico.

Isso tudo é possibilitado porque, pelo crescente desenvolvimento de softwares e aplicações da tecnologia em diferentes ramos, tanto os processos mais básicos — como pagamento de contas — quanto os mais avançados — como a integração de processos de CRM, e-commerce e Business Intelligence — podem ser automatizados.

A utilização de softwares para melhorar o desempenho desses processos faz com que as organizações se atualizem frente ao mercado e obtenham melhores resultados.

Sendo assim, agora que já compreendemos alguns dos benefícios de aplicar processos automatizados nas instituições financeiras, verifique alguns pontos de destaque:

Agilidade

A implementação de processos automatizados tende a reduzir a necessidade de trabalho manual, além de processar dados de forma muito mais segura e veloz.

Quando o sistema passa a realizar operações de forma automatizada, as tarefas são realizadas de modo mais ágil e, consequentemente, tem-se uma maior facilidade no cumprimento de prazos de uma forma geral.

Dessa forma, em vez de se ter um funcionário incumbido de realizar ações manuais em sua empresa, há uma ferramenta especificamente moldada para realizar o processo. A qual trabalha ininterruptamente para a entrega dos resultados.

Por essa razão, operações como a aprovação de crédito que, até há pouco tempo, poderiam levar dias, hoje podem ser resolvidas em poucos minutos.

Dessa forma, além da agilidade que é promovida pela automatização, outro ponto relevante é redução, quando não a eliminação, de retrabalho.

Produtividade

Quando o trabalho é feito manualmente, os riscos existentes de um erro ser cometido ou passado despercebido pelo caminho são constantes.

Já quando os processos são automatizados, esses riscos diminuem drasticamente, promovendo maior grau de segurança aos processos executados.

Além disso, funcionários que antes necessitavam cuidar de diversas operações manuais passam a ter mais tempo para lidar com as demais atividades, por exemplo, o atendimento ao cliente.

Por esse motivo, com a automatização, o volume de processos que podem ser executados de uma só vez também é ampliado.

Sendo assim, aliado com o item anterior, o aumento da produtividade é um dos principais benefícios que a automatização de processos proporciona.

Redução de custos

Já que a automatização promove maior agilidade na execução de processos e produtividade, é evidente que a redução de custos passa a ser apenas mais uma consequência.

Por um lado, a Instituição Financeira pode alocar melhor os seus colaboradores, dando ênfase nas tarefas de maior relevância e dispensando novas contratações. 

Por outro, como mais processos são executados ao mesmo tempo, o custo operacional baixa, sendo que mais clientes têm suas demandas atendidas em menor tempo.

Ainda mais, com a redução de riscos no tratamento de dados e execução de rotinas, os prejuízos causados por erros humanos são menores.

Portanto, mesmo que se mantenha a mesma equipe, pode-se produzir ainda mais e, consequentemente, obter mais lucros.

Como aplicar a automatização de processos no setor financeiro?

Agora que você já conhece alguns dos benefícios da automatização de processos no setor financeiro, vamos mostrar como isso pode ser aplicado.

Confira, abaixo, alguns exemplos de como automatizar processos no setor financeiro:

Busca de notas fiscais

Atualmente, passou a ser comum a automatização da busca de notas fiscais por meio de softwares específicos ou integrações. Eles possibilitam, de forma muito mais simples e ágil, a conferência de notas fiscais eletrônicas, a verificação de sua chave e validade, o acesso ao site da Receita, a realização de pesquisas diversas, entre outros fatores.

Com o emprego da automatização, o controle das notas fiscais fica muito mais eficiente, possibilitando uma visão mais ampla por parte dos gestores, gerentes ou encarregados.

Mapeamento de áreas

Em um primeiro momento, você pode achar que a automatização do mapeamento de áreas não está muito relacionada ao setor financeiro. No entanto, esse aspecto pode ser fundamental para a dinamização da tomada de decisões na área.

Na parte do crédito rural, por exemplo, é usual que o técnico agrícola vá a campo e percorra toda a área da propriedade para mapeá-la, verificando como está indo a lavoura. A automatização dos processos permite que esse mapeamento seja feito via satélite. Dessa forma, agricultores, técnicos agrônomos ou quaisquer outros profissionais podem se beneficiar da solução e analisar as imagens via satélite.

Isso possibilita que eles tenham vários índices úteis e estimativas de produtividade das diferentes áreas. Com esse panorama, pode-se, inclusive, saber em quais locais o plantio não está fluindo muito bem e, consequentemente, fazer um melhor planejamento da aplicação de insumos e dos investimentos de uma forma geral.

Requisição de crédito rural

Por último, a automação da requisição do seguro de crédito rural e do consequente julgamento do Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro) tem gerado resultados bastante significativos.

Contando com integração aos sistemas do Banco Central, as ferramentas responsáveis estão mudando as formas de lidar com o crédito rural. Com elas, não é mais necessário que os profissionais fiquem presos a planilhas e documentos de trabalho manual, meios que eram bastante trabalhosos para a requisição do crédito.

A automatização desse processo passou a permitir que uma instituição financeira ou cooperativa requisite o repasse do BNDES de forma muito mais ágil e eficaz. Anteriormente, levava-se em torno de 20 dias entre a instituição solicitar o crédito e o BNDES retornar com a liberação do dinheiro.

Com a automatização, esse período pôde ser reduzido para cerca de 2 ou 3 dias. Essa diferença substancial é de suma importância para o melhor planejamento dos produtores rurais e a agilização dos processos das cooperativas de crédito. Como as demandas se alteram de forma muito rápida, a maior agilidade na requisição permite uma melhor gestão de contas, de fluxo de caixa, entre outros fatores imprescindíveis para o sucesso.

Conseguiu entender de que maneiras você pode realizar a automatização de processos no setor financeiro? Assine nossa newsletter e fique por dentro de assuntos como este!

 

[wpforms id=”2783″]