Softfocus

Saiba o que considerar na contratação de um seguro agrícola

As atividades agrícolas passam por uma série de questões importantes para seu sucesso: escolha de mudas e sementes perfeitas, irrigação completa, verificação do clima, controle de pragas, entre outras. Porém,…

Seguro agrícola

Compartilhar
seguro agrícola

As atividades agrícolas passam por uma série de questões importantes para seu sucesso: escolha de mudas e sementes perfeitas, irrigação completa, verificação do clima, controle de pragas, entre outras.

Porém, algumas vezes, muitas das variáveis envolvidas no processo não são de controle do produtor. Alterações climáticas, por exemplo, podem devastar um plantio inteiro e inviabilizar a colheita.

É justamente para essas situações que o seguro agrícola é importante. Continue lendo, entenda mais sobre essa modalidade e saiba o que considerar no ato da contratação.

O que é seguro agrícola?

O seguro agrícola é aquele que protege o produtor rural de perdas ocasionadas por possíveis fenômenos naturais, ou seja, aqueles sobre os quais ele não tem domínio para que ocorram: chuvas excessivas, secas, mudanças climáticas inesperadas, entre outros. Além disso, protege o patrimônio do produtor e os produtos já colhidos, bem como o crédito de comercialização e, também, para o risco de morte durante a produção.

O que considerar na contratação de um seguro agrícola?

Caso deseje contar com um seguro agrícola, é necessário considerar alguns pontos fundamentais, para que a escolha mais adequada seja feita. A seguir, saiba mais sobre eles.

Banco ou corretora

É importante definir se a contratação será via bancos ou pela corretora. No primeiro caso, seu diálogo será com o gerente da conta, que normalmente não tem muito conhecimento técnico sobre a área agrícola e as necessidades que o produtor apresenta.

Já a corretora de seguros tende a ter um profissional que é especialista na área de produção agrícola. Nesse sentido, ao conversar com o produtor, ele consegue identificar quais são as necessidades dele e poderá oferecer coberturas mais atrativas.

Taxas mensais

Também é relevante avaliar se as taxas mensais do seguro estão atrativas diante do benefício que será concedido. Em alguns casos, torna-se necessário comparar com concorrentes, já que eles podem oferecer coberturas melhores com o mesmo valor.

Profissionais especializados

Para que o contrato seja, de fato, vantajoso, é essencial que a pessoa que o elabore seja especializada na área rural. Caso contrário, as chances de que a apólice do seguro não atenda suas necessidades ou contenha brechas que possam prejudicá-lo em algum momento são consideráveis.

Condições da apólice

Alguns detalhes precisam ser vistos com bastante cuidado por parte do produtor rural acerca das condições da apólice. Por exemplo, é preciso verificar se é uma cobertura mais abrangente, que engloba todos os pontos essenciais para a prática que exerce em sua propriedade.

Também torna-se necessário conferir se o seguro faturamento está incluso ou se é preciso contratá-lo externamente, quais são os documentos que devem ser levados ao solicitar a indenização, entre outras questões essenciais, a fim de que não fique nenhuma dúvida no ato da contratação.

Quais são os benefícios do seguro agrícola?

Um dos principais benefícios do seguro agrícola é garantir a sua fonte de sustento, mesmo quando situações que fogem do seu controle ocorrem — por exemplo, uma chuva de granizo que prejudique toda a produção, inviabilizando sua comercialização.

Essa é uma área extremamente sujeita a riscos e intempéries, por isso é de extrema importância que o produtor esteja assegurado, para que não fique sem qualquer fonte de subsistência em caso de perda total.

O seguro não protege apenas a produção, mas também cuida de outros ativos significativos para o funcionamento da atividade agropecuária, como maquinários, casa de armazenamento, insumos químicos e, até mesmo, a própria vida do produtor. Assim, em caso de algum acidente grave, os familiares poderão ser beneficiados até que possam conseguir prosseguir com seu sustento normalmente.

Lembrando que, além do seguro agrícola, pode-se também contratar as seguintes modalidades:

  • pecuário;
  • aquícola;
  • benfeitorias e produtos agropecuários;
  • penhor rural;
  • florestas;
  • vida do produtor rural;
  • cédula do produtor rural.

A contratação do seguro agrícola é fundamental para que você possa ter certeza de que suas atividades rurais estarão seguras e de que não passará por dificuldades por conta de questões que estão fora do seu alcance evitar.

Então, gostou deste post? Caso ainda tenha ficado com alguma dúvida sobre o assunto, compartilhe com a gente nos comentários!